SIGA-NOS NO GOOGLE+

MENSAGENS DE FÉ, ESPERANÇA E OTIMISMO

A SOCIEDADE MODERNA E A DITADURA DA BELEZA

O padrão de beleza imposto pela mídia visa criar pessoas altamente ansiosas para que elas sejam altamente consumistas.

A sociedade tem, em todos os momentos, dado grande valor à beleza do corpo, mas a percepção de uma pessoa da sua aparência e do próprio corpo pode igualmente ser diferente de como os outros percebem que ela realmente é,  pode não corresponder aos padrões da sociedade.

O fato de algumas mulheres admirarem padrões de beleza com baixo peso e se sentirem insatisfeitas com o seu corpo terá uma mudança imediata na química do cérebro diminuindo a auto-estima.

Os investigadores nesta área notam que as pessoas com uma imagem corporal baixa vão tentar alterar o seu corpo de alguma forma, por dieta ou cirurgia plástica. Muitos estão mais obcecados com a aparência do que gostaria de admitir.

Mas o que está por trás deste consumo desenfreado para a conquista da beleza? Segundo a psicóloga Samara Jorge, em seu artigo “Ditadura da beleza – uma visão subjetiva”, atrás desta preocupação com a aparência pode estar escondida a fuga da realidade, “com sentimentos de frustração, medo, angústias e inseguranças”.

Estudos mostram que:  Na sociedade que vivemos hoje, pessoas atraentes têm vantagens distintas.

-Crianças atraentes são mais populares, tanto com colegas e professores. Os professores dão as avaliações mais altas para o trabalho de crianças atraentes e têm expectativas mais elevadas deles (que foi mostrado para melhorar o desempenho).

-Candidatos atraentes têm mais hipóteses de conseguir emprego, e de receber salários mais elevados.

-No tribunal, as pessoas atraentes são culpadas menos frequentemente. Quando considerados culpados, eles recebem sentenças menos severas.

-O ‘viés de beleza' opera em quase todas as situações sociais - todos os estudos mostram que se reage de forma mais favorável às pessoas fisicamente atraentes.

-Muitos acreditam em "o que é bonito é bom" estereótipo - uma crença irracional, mas profundamente arraigada de que as pessoas fisicamente atraentes possuem outras características desejáveis, tais como competência, inteligência, habilidades sociais, de confiança - até mesmo a virtude moral. (A boa fada / princesa é sempre belo, a madrasta malvada é sempre feio)

Preocupação com a aparência não é apenas uma aberração da cultura ocidental moderna. Cada período da história teve seus próprios padrões do que é e não é bonito, e toda a sociedade contemporânea tem o seu próprio conceito distinto dos atributos físicos ideais.

Os padrões de beleza têm, de fato, se tornado mais difícil de atingir, especialmente para as mulheres. Graças à comunicação social, os padrões de beleza tornaram-se extremamente rígidos e uniformes. Na TV, outdoors e revistas vê-se pessoas bonitas permanentemente.

As  mulheres são mais julgadas pela sua aparência do que os homens, e os padrões de beleza feminina são consideravelmente maiores e mais inflexíveis. As mulheres são constantemente bombardeadas com imagens do rosto 'ideal'. A exposição constante às imagens idealizadas de beleza feminina na TV, revistas e outdoors torna os padrões excepcionais e a boa aparência torna-se essencial.

As reações das pessoas ao seu reflexo no espelho podem depender da exposição recente a imagens idealizadas de atratividade física. Estudos têm mostrado que as pessoas tornaram-se significativamente mais insatisfeitas com sua própria aparência depois de terem visualizado anúncios de TV com pessoas extremamente magras e bonitas.

O preconceito contra o excesso de peso na nossa cultura é de tal forma severo que as pessoas acima do peso  tendem a ter uma  má imagem do seu corpo.  Estudos recentes mostraram que a exposição a fotografias de revistas de modelos super-magras aumenta a propensão e desenvolvimento de quadros como a depressão, stress, culpa, vergonha, insegurança, insatisfação corporal.

Mas nem todos  aceitam ou "internalizam" esses padrões criados pela mídia.

Pessoas com uma personalidade mais forte e definida,  rejeitam esses padrões atuais da sociedade e por isso têm uma imagem corporal positiva e auto-estima elevada.

"Não se deixe influenciar pela sociedade. Pense diferente e seja você mesmo, ainda que isso incomode aqueles que sempre fingem ser o que não são..." (Mari D Ricci)

Texto resumido e adaptado

Um comentário:

Bell disse...

Infelizmente é isso que a sociedade passa e que a mídia sugere indiretamente.
Pra vc ser aceito tem que ser bonito.
Mas o que adianta ser belo por fora e vazio por dentro?

bjokas =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
DICAS DE RELACIONAMENTO
AVISO SOBRE DIREITOS AUTORAIS. Todos direitos reservados. Você não pode copiar, distribuir, exibir, executar, TEXTOS OU MENSAGENS DESSE BLOG sem que seja dado crédito ao autor.

Arquivo do blog