SIGA-NOS NO GOOGLE+

MENSAGENS DE FÉ, ESPERANÇA E OTIMISMO

MENOPAUSA: TODA MULHER UM DIA PASSARÁ POR ISSO

Mas o que é e como lidar sem grandes problemas?

Calores, mudanças no humor, no sono, diminuição da libido e ressecamento da pele e das mucosas, além da mudança no colesterol, funcionamento de tireoide, pressão arterial e metabolismo do açúcar. Estes são os principais sintomas da menopausa, termo usado para definir a última menstruação.

Segundo a ginecologista Vanessa Sekula, o diagnóstico da menopausa é retroativo. “Podemos dizer que a menopausa ocorreu depois de a mulher passar um ano sem menstruar, o que ocorre por volta dos 48 anos, nas brasileiras. A fase da vida da mulher que envolve o período que antecede e segue a ocorrência da menopausa é chamado climatério.”

E se engana quem pensa que engravidar tardiamente, deixa a menopausa também para depois. “A ocorrência da gravidez demorada, ou mesmo da primeira menstruação precoce, não modifica a chegada da menopausa, pois independente disso, em todos os meses, ao longo da vida da mulher, existe uma degradação dos óvulos. As gestações e o uso de contraceptivos não modificam esse fato”, explica a ginecologista.

Para ela, o uso de Terapia Hormonal, mais conhecida como reposição hormonal, deve ser individualizado e indicado quando a qualidade de vida da mulher estiver comprometida. “Geralmente utilizado quando tem uma acentuada perda de massa óssea, já que o estrogênio – um dos hormônios sexuais que regula o climatério - auxilia no processo de reabilitação e manutenção óssea. Há contra-indicação para aquelas pacientes com histórico familiar de tumores, com difícil controle da hipertensão, diabetes e aumento de colesterol e mulheres que já tiveram trombose.”

Além da Terapia Hormonal, Vanessa Sekula lembra que existem medicações fitoterápicas que auxiliam no manejo dos sintomas para aquelas que não podem ou não querem fazer uso deste tipo de tratamento.

Passar pela menopausa sem problemas requer os mesmo cuidados que transpor outras fases da vida. “Manter alimentação equilibrada, realizar exercícios físicos de forma regular (tanto aeróbios quanto musculação) e manter bom padrão de descanso dentro da rotina diária”, esclarece a ginecologista.

Além destes cuidados básicos, há alguns específicos para a fase do climatério. “Cultivar a ingestão de fibras e sementes como as de soja, que são fonte de fito hormônios (substâncias que agem nos receptores de estrogênio e minimizam alguns sintomas). Procurar manter exposição regular e moderada ao sol (para síntese de vitamina D), e realizar seus exames de controle anualmente”, finaliza a médica.


Tany Souza
 

Um comentário:

Evanir disse...

Eu só tenho a agradecer por você existir em minha vida
e compartilhar comigo sua sincera amizade.
Te agradeço por essa aliança tão linda num laço chamado amizade.
Eu te prometo fazer tudo para continuar merecendo essa dadiva divina.
Te prometo dividir contigo todo tempo
que me for possivel.
Nem vou falar que Deus te abençoe,
pois voce já é abençoada e iluminada em todos os sentidos.
Deus abençoe por cada visita ...
Um Final De Semana Na Paz E Na Luz.
Evanir...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
DICAS DE RELACIONAMENTO
AVISO SOBRE DIREITOS AUTORAIS. Todos direitos reservados. Você não pode copiar, distribuir, exibir, executar, TEXTOS OU MENSAGENS DESSE BLOG sem que seja dado crédito ao autor.

Arquivo do blog