SIGA-NOS NO GOOGLE+

MENSAGENS DE FÉ, ESPERANÇA E OTIMISMO

“50 TONS DE CINZA” INCENTIVA ABUSO EMOCIONAL CONTRA A MULHER

A trama é sobre um empresário rico que assedia uma jovem com baixa autoestima. Ela é uma virgem que luta contra os sentimentos de rejeição de seu pai, e que tem necessidade de afeto e romance. 

Ele a cerca de atenção, presentes luxuosos e dinheiro, e em troca lhe pede que se submeta às suas mais depravadas fantasias sexuais, que incluem escravidão, tortura e violência sadomasoquista indizível. Ela está apaixonada por ele e, por isso, aceita.

O filme "Cinquenta Tons de Cinza" incentiva abuso emocional contra a mulher.

O livro é ainda pior.

O abuso emocional tende a girar em torno de um desequilíbrio de poder, onde pelo menos uma pessoa no relacionamento tenta exercer controle psicológico. O abusador só pensa em beneficio próprio,  mesmo que seja prejudicial ou ofensivo ao outro.

O abuso emocional pode não ser tão visível como as outras formas de abuso.

Alguém que cresceu em um ambiente emocionalmente abusivo pode não reconhecer um comportamento abusivo. Ou pode não reconhecer o abuso que sofreu como tal.

Como no filme, alguém pode também confundir controle com cuidado, e ver a sua atitude dominadora ou invasiva, não só como adequada e necessária, mas também como sinal de afeto.

O filme incentiva aos homens cometerem abuso emocional contra as mulheres. Ensina as  mulheres aceitarem serem controladas como marionetes e  viver uma paixão cega e doentia, a serem escravas das fantasias sexuais do marido. Confunde amor com paixão, cuidado com controle, afeto com domínio.

O filme não mostra uma vida sexual saudável, mas sim uma relação doente, deprimente e humilhante, cheia de abuso emocional e sexual. O personagem Chistian Grey, é um homem manipulador, machista e controlador.

O livro ensina que as mulheres devem encarar o abuso e a violência como algo nobre e corajoso. O autor tenta contrabalançar toda essa perversão com esperança e fé, sugerindo que uma jovem pura tem um poder de amar tão grande que é capaz de salvar um homem de seu tormento.

Não assisti ao filme nem li o livro, mas pelo que tenho ouvido, acho que os dois são lixos.

O filme deve ser mesmo um lixo. A própria protagonista Dakota Johnson, parece que ficou tão constrangida ao gravar certas cenas, que pediu para que seus pais não assistissem.

Adaptado por A Essência do Amor

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
DICAS DE RELACIONAMENTO
AVISO SOBRE DIREITOS AUTORAIS. Todos direitos reservados. Você não pode copiar, distribuir, exibir, executar, TEXTOS OU MENSAGENS DESSE BLOG sem que seja dado crédito ao autor.

Arquivo do blog